EXPOSIÇÕES

ARTISTAS

2020-2021

Ana Catarina Fragoso, Bárbara Fonte, Francisco Tropa, Gustavo Sumpta, João Belga, Maria Condado, Rui Chafes e Sandra Vásquez de la Horra. 

ACTUAL

GUSTAVO SUMPTA

Luto

de 19 de Novembro a 8 de Janeiro de 2021


Abertura dia 19 de Novembro das 15h30 às 19h


A Galeria da Casa A. Molder inaugura com a exposição Luto de Gustavo Sumpta (1970).
Luto é o título da escultura efémera que foi realizada especialmente para as salas da Galeria da Casa A. Molder e que dá o título à exposição. A escultura envolve e limita o espaço, propondo uma interacção atenta com o espectador. Nas palavras do artista, que usa frequentemente como material das suas esculturas fita de cassetes de VHS, um material de registo magnético obsoleto: “Esta escultura é apresentada como se do resíduo de uma performance se tratasse. Elogia-se o movimento contínuo e repetido. Aqui o Luto é a metamorfose do pranto”.

Gustavo Sumpta Press


A exposição estará aberta ao público durante a semana, no horário da tarde da Loja: das 15h30 às 19h, e aos fins-de-semana e Feriados por marcação. A entrada para a Galeria faz-se pela loja.


Covid-19
Obrigatório o uso de máscara e desinfecção das mãos à entrada da loja. O espaço da galeria está limitado a 3 pessoas.




Vistas da exposição Luto de Gustavo Sumpta, de dia e de noite.

Luto - escultura efémera, fitas de VHS e câmaras de ar.

Adriana Molder© All Rights Reserved